Graffiti nas ruas e no museu

Puts, tá todo mundo careca de saber que o graffiti ultrapassou todas fronteiras possíveis da arte, passando de apenas “pichações” em muros, prédios e qualquer espaço urbano para lindas e valiosas obras de arte, que agora também são expostas em museus, galerias de arte e até nas paredes de alguns lares.

Chivitz no MCD LAB#1
Chivitz no MCD LAB#1 (foto por Lost Art)

Acho muito legal, além de ver essas imagens livres e gratuitas pelas ruas, poder apreciar de uma maneira diferente, e claro, também de graça, em um museu. Acredito que a proposta é bem bacana, pois nem sempre prestamos atenção na arte que há nas ruas por estarmos distraídos demais com tanto barulho e ferveção que qualquer cidade grande tem. Então, acredito que numa galeria ou museu você realmente pára e presta atenção. Mas de qualquer forma tai um bom toque, preste mais atenção na cidade que você vai descobrir um mundo de beleza por trás de tanta sujeira e poluição!

amor_muro

Acho incrível o quanto os graffiteiros são talentosos. Também é muito interessante ver algumas intervenções urbanas que vão além de desenhos e usam frases poéticas para se expressar. É o caso do “Odeie o seu ódio” visto em vários pontos da cidade de autoria de Samir Mauad, das frases e tags com letras bem caligráficas do artista Iaco e da frase que tá dando o que falar por aí ultimamente, que chama bem a atenção, principalmente no muro do cemitério da Consolação – “O amor é importante. porra” – de um pichador, por enquanto, desconhecido. graffitiBem falei bastante até aqui, mas a maior razão do post é para falar de uma exposição  que está rolando no MuBE, o Museu Brasileiro da Escultura, até o dia 26 de abril. A exposição Graffiti Fine Art com curadoria de Binho Ribeiro foi dividida em 3 partes, sendo que a primeira foi até o dia 29 de março. A segunda parte terá abertura no dia 2 de abril e a mostra ocorrerá de 3 a 12 de abril com as obras dos artistas Anjo (de SP), Graphis (tb de SP) e Cern (de NY/EUA). Para encerrar a última parte da exposição, terá abertura no dia 16 de abril, sendo que a mostra será do dia 17 a 26 de abril com os trabalhos de Chivitz, Nove e Presto (todos de SP). E ainda durante toda a exposição os artistas estão trabalhando coletivamente em um painel gigante de 2,80 m x15 m.

O que não falta aqui é arte!

Onde? Nas ruas e muros da cidade
e também…
No MuBE – Museu Brasileiro da Escultura
Av. Europa, 218 – Jardim Europa
Quando? Até 26 de abril
De terça à domingo das 10h às 19h
Quanto? De graça!
Contato? mube@mube.art.br

Anúncios

Sobre Yvone Delpoio

Publicitária e louca por música, essa paulista de 26 anos toca bateria e coleciona corujas. Nos seus fones tocam dos mais variados estilos: de baião a rock, de hiphop a blues, de jazz a folk.

Publicado em 01/04/2009, em Para admirar e marcado como , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. amei o post por falar de grafite.. possuo algumas opinioes bem contrarias… mas afinal, oq é arte né? várias interpretações e várias formas de serem aceitas e talz! coisa boa tah na rua, sem ngm pra colocar egras… mas museus sempre trazem coisas legais tbm… é uma maneira boa d atingir que considera arte urbana uma destruição do ambiente! vou ir conhecer ctza! e por enquanto continuo olhando as ruas mesmo!!

    • claro que eu acho bem mais foda o graffiti que está na rua, pela liberdade que o artista tem, incomparavelmente. até acho q as pessoas nem sempre valorizam oq está na rua, nem sempre param para prestar atenção como deveriam.
      só para deixar claro não quis dizer que ver numa galeria é mais legal ou mais interessante, mas sim ter uma outra visão dessa arte, uma outra forma totalmente diferente de apreciar. por isso ao mesmo tempo acho interessante tb poder encontrar os graffitis em museus. e claro que não acredito que pq o graffiti está no museu é que se elitizou a coisa, acho que não tem nada a ver, até pq quem vai pode descobrir novos artistas grafitteiros e obras com as quais se identifica e buscar mais sobre. sem contar que não se paga a entrada, mas se o lugar tiver entrada paga, sou absolutamente contra!

      • Alysson regis

        Oiee
        td bem é dificil seu uma pichador

        eu acho tão Legal eu queria aprender a pichar

  2. Ah! O que ia comentar vocês já comentarão, sou meio contra arte de galeria, acredito que a arte precisa ser para todos, nada de arte somente para intelectuais e ricos.
    Mas gostei do blog, tá ficando bem legal

  3. adorei esse site muito bom puts nunca vi nada assim

    • valeuu… vlaeu mesmo…

      que bomsaber que cumprimos com nossas pretenções!!!

      era bem isso que queriamos… um site diferente de qqr outro…

      Valeu Keith, volte sempre e mande dicas =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: